descricao

breves contos populares e de autores famosos invadem praças e escolas em apresentações gratuitas cheias de poesia e imaginação 
 


Cia A Hora da História apresenta a intervenção itinerante Proseadeiras


 

Com figurinos que lembram ilustrações de livros, as duas artistas passeiam por praças, ruas e escolas contando breves histórias para adultos e crianças, em um projeto que une literatura, música, artes cênicas e artes plásticas

 

IMPRENSA: FOTOS AQUI

 

Com duração de até 5 minutos e com uma grande mala - feita também com acabamento em papel -, as artistas usam objetos e adereços para narrar, para todo tipo de público, pequenos contos populares e de autores brasileiros como Machado de Assis, Clarice Lispector, Stanislaw Ponte Preta, Marina Colasanti (entre outros)

           

Já pensou se um livro ganhasse vida e saísse pelas ruas espalhando suas histórias? Essa é a proposta da intervenção itinerante Proseadeiras, que apresenta poesias, contos, micro contos e fábulas de autores como Machado de Assis, Clarice Lispector, Stanislaw Ponte Preta, Marina Colasanti, Ana Terra, além de contos populares e textos de autoria das duas artistas contadoras de histórias, Camila Cassis e Natália Grisi. As duas, “vestidas de literatura”, passeiam por ruas, praças e escolas e convidam o público – adultos, jovens ou crianças - a criar um momento lírico e inusitado no meio da brincadeira ou do passeio. As apresentações acontecem em espaços públicos de São Paulo, entre 30 de abril e 21 de maio de 2022, em diferentes horários do dia*. 

“A ideia é convidar o expectador a embarcar conosco numa viagem pelo mundo dos livros, podendo visitar um tempo passado, um lugar que nunca existiu, personagens que existem só na nossa fantasia do autor, conhecer outros países, ir para onde nossa imaginação nos levar. E por que não ser, quase sem querer, um inusitado e delicioso tropeço no universo dos contos?”, propõem as contadoras de histórias Camila e Natália, também idealizadoras do projeto.

Contemplado pelo Programa Municipal de Apoio a Projetos Culturais, com patrocínio da PRAVALER, o projeto Proseadeiras integra em suas apresentações quatro diferentes linguagens artísticas, literatura, música, artes cênicas e artes plásticas. A partir dessa união, propõe uma brincadeira com a possibilidade de a literatura saltar dos livros. As apresentações são abertas e gratuitas, numa ação de valorização do espaço comum e ocupação de espaços públicos.

As contadoras de histórias chegam aos lugares carregando uma grande mala - feita também com acabamento em papel - de onde saem os objetos e adereços que compõem a narração dos contos, além de exemplares dos livros mencionados no momento. Cada conto dura de 3 a 5 minutos e é apresentado de maneira diversa: musicado, narrado em dupla, narrado utilizando pequenos objetos manipulados ou ainda com o livro nas mãos contemplando as ilustrações. 

As duas artistas também são as responsáveis pela parte musical, realizada ao vivo. Elas tocam sanfona, flauta doce, instrumentos de percussão e cantam. E a música tem papel fundamental: ela ajuda a conduzir ou criar climas em algumas histórias; convida e atrai o público por meio de uma "chamada musical"; ou ainda pode ter uma história inteira cantada. “A proposta é promover um contato com a literatura em um lugar inesperado e de maneira instigante e divertida”, colocam as duas contadoras.

O projeto também contempla apresentações fechadas em escolas públicas de São Paulo. Elas acontecem de 22 de março até 02 de junho. 

Sinopse PROSEADEIRAS
E se o livro ganhasse vida e saísse pelas ruas espalhando suas histórias? Esta é a proposta da intervenção itinerante Proseadeiras: levar poesias e breves textos onde as pessoas estão, e por meio da literatura criar um momento lírico em um lugar inesperado, de maneira instigante e divertida. Vestidas de literatura dos pés à cabeça, as duas artistas apresentam textos poéticos e pequenos contos com jogos cênicos e musicais.

 

A HORA DA HISTÓRIA

A Hora da História é um núcleo artístico que desenvolve trabalhos ligados à literatura, artes cênicas e música. Desde 2001 foram produzidos diversos repertórios de contação de histórias, espetáculos teatrais, intervenções poético-musicais e oficinas arte-educativas. Neste período, foram realizadas mais de 4.000 atividades integrando a programação de festivais de contação de histórias, eventos literários, encontros de artes, centros culturais e projetos governamentais de incentivo à cultura, dentre muitos outros.


Ficha técnica:
Contadoras de Histórias: Camila Cassis e Natália Grisi
Figurinos: Marina Reis
Composição de trilha: Camila Cassis
Produção executiva: Marcia Rocha
Realização e Idealização: Cia A Hora da História

Para saber mais: www.ahoradahistoria.com.br

Serviço:
Apresentações em espaços públicos.
*Em caso de chuva, as atividades serão reagendadas

Dia 30 de abril de 2022 - sábado
CENTRO CULTURAL SÃO PAULO

Rua Vergueiro, 1000 - Metrô Vergueiro
Apresentações abertas e gratuitas ao público em geral
Horário: das 10h30 às 12h e das 13h às 14h30

Dia 07 de maio de 2022 - sábado
PARQUE DA INDEPENDÊNCIA

Avenida Nazaré, s/n, Ipiranga - Próximo ao portão principal da Praça do Monumento
Apresentações abertas e gratuitas ao público em geral
Horário: das 10h30 às 12h e das 13h às 14h30 

Dia 14 de maio de 2022 - sábado
CALÇADÃO DA ALAMEDA RIO CLARO

Alameda Rio Claro
Apresentação aberta e gratuita ao público em geral
Horário: das 10h30 às 12h

Dia 21 de maio de 2022 - sábado
PARQUE DA LUZ

Praça da Luz, s/n, Bom Retiro
Apresentações abertas e gratuitas ao público em geral
Horário: das 10h30 às 12h e das 13h às 14h30 

 

Informações à imprensa 
Canal Aberto Assessoria de Imprensa

Márcia Marques - 11 9 9126 0425
marcia@canalaberto.com.br 
Flávia Fontes - 11 9 8187 8462
flaviafontes@canalaberto.com.br
Daniele Valério - 11 9 8435-6614 daniele@canalaberto.com.br
www.canalaberto.com.br 

 

Compartilhar :