descricao

Projeto GenerosidadeS pauta discussões sobre
a comunidade LGBT+ no Sesc Santo Amaro


Programação, que se estende até o mês de outubro, busca dialogar
sobre limites de gênero e os embates que resultam da categorização

 

Desde setembro, o Sesc Santo Amaro recebe diversas atividades que pautam vivências corriqueiras na comunidade LGBT+. A proposta é do projeto GenerosidadeS, que reúne em sua programação mais de 20 atividades – entre shows, peças, performances de dança, cinema, moda e rodas de conversas – para instigar o público a debater os limites entre gênero e ampliar seus olhares e criações no âmbito da arte.

Para o mês de outubro estão programados dois espetáculos de teatro, ‘Engravidei, Pari Cavalos e Aprendi a Voar sem Asas’ e ‘Vênus Negra: Um manual de como engolir o mundo’; dois shows, Xênia França e CTRL+N e Verónica Decide Morrer; uma oficina de tecnologia e artes, ‘Oficina para Brilhar’; uma de arte manual ‘Oficina de roupas agênero para crianças’; uma roda de conversa sobre o ‘Desprincesamento’; seis intervenções de Artes Visuais - Tapete Manifesto, Purificação, Pílulas do Esquecimento, Talk-show Generosidades, Trajetos com Beterrabas e Desfrutar-se; uma competição de dança ‘Mini Ball’ e uma contação de história, ‘A princesa arco-íris’.


Confira a programação do mês de OUTUBRO:

Teatro

Espetáculo. Engravidei, Pari Cavalos e Aprendi a Voar Sem Asas – Cia Os Crespos
Em cena, a história de cinco mulheres negras e suas privacidades expõem suas trajetórias afetivas e permitem à plateia conviver com os cotidianos das personagens. Elas tentam enxergar e modificar seus destinos, como lagartas aprendendo a voar, revelando seus medos, dores, amores e sonhos. Como em um jogo, no qual o espectador acompanha a transformação da atriz em diferentes mulheres, a peça cruza fragmentos de vidas, sem necessariamente confrontá-las, entregando para o público a linha que costura seus caminhos. A cena envolve ambientes privados, casas sem paredes, onde as personagens são reveladas. A trilha sonora, executada por uma DJ, conta ainda com músicas compostas para as personagens. Após o espetáculo haverá bate-papo.

Local: Espaço das Artes | 16 anos | Grátis
02/10. Terça, às 20h

 

Espetáculo. Vênus Negra: Um manual de como engolir o mundo – Com Zona Agbara
Inspirada na história de Saartjie Baartman, mulher negra que no século XIX foi exibida em uma jaula em Londres e Paris por seu corpo exótico em comparação aos padrões europeus da época. Na produção os corpos são apresentados, explorando a existência e as relações sociais, discutindo temas como o feminismo das mulheres negras.
Local: Espaço das Artes | 16 anos | Grátis
03/10. Quarta, às 20h

 

Música

Show. Xênia França
A cantora baiana radicada em São Paulo apresenta seu primeiro álbum solo, intitulado "XENIA". O disco reverencia o som que vem da diáspora negra, em uma sonoridade essencialmente pop com pitadas de música eletrônica, jazz, sambareggae, rock e R&B.
Local: Teatro | 14 anos | R$6 a R$20
05/10. Sexta, às 21h

 

Show. CTRL+N + Verónica Decide Morrer
CTRL+N
é um projeto nascido não somente da música, mas da vontade de ser um canal de visibilidade e reconhecimento da comunidade LGBTIQ+. O nome CTRL+N significa abrir uma nova janela, e essa é a intenção dos artistas ao abrir as cortinas e mostrar ao mundo um grito de visibilidade. Os primeiros singles "Eu Prefiro (Beyoncé)" e "Afeminada" são sucesso nas redes sociais.
A banda cearense Verónica Decide Morrer apresenta seu primeiro álbum de músicas autorais. O grupo é formado por Verónica Valenttino (voz), Jonaz Sampaio (voz), Léo BreedLove (guitarra) e Vladya Mendes (bateria). A sonoridade é influenciada pela cena post-punk, new wave de New York e pelas ruas e esquinas de Fortaleza, uma das principais fontes de inspiração em suas canções.
Local: Praça Coberta | 16 anos | R$6 a R$20
06/10. Sábado, às 19h30.

 

Dança

Demonstração. Pole Rocket Show, coordenado por Leandro Breton
O pocket show será uma apresentação seguida de uma experimentação do público no pole, com o intuito de entreter, apresentar e aproximar as pessoas à arte do Pole Dance. O pole é a sincronia de diversas linguagens da dança com o suporte de uma barra vertical, que se complexifica coreograficamente com movimentos de força, flexibilidade e musicalidade dentro de uma coreografia.
Local: Praça Coberta | 16 anos | Grátis
29/09 e 06/10. Sábados, das 19h às 20h

 

Intervenção. Mini Ball – Competição de dança. Com os jurados Akira Avalanx, Caio Victor, Luana Ninja, Chant Félix Pimenta e DJ Nelson D.
As balls, da cultura ballroom, desafiam as imposições de gêneros e questionam os abismos de oportunidades e direitos entre pessoas de diferentes pertencimentos étnicos e de classes sociais. Serão seis categorias: Virgen (iniciantes), Runway (desfile temático), Old way x New way, Sex sirene (o mais sexy) e Vogue Femme - Soft cunt x damatic. Direção de Danna Lisboa.
Local: Praça Coberta | Livre | Grátis
06/10. Sábado, das 17h às 19h

 

Artes Visuais

Intervenção. Tapete Manifesto, com o Coletivo “Galeria Bruta”.
A ação traz à cena uma reflexão sobre o tema da violência contra as mulheres, a massificação e a vulgarização da morte nos dias atuais. Uma procissão simbólica, um manifesto poético cênico inspirado nos tapetes devoção (realizados nas festas religiosas de Corpus Christi) contra a trágica tradição de assassinatos de mulheres no Brasil.
Local: Praça Floriano | Livre | Grátis
03/10. Quarta, das 15h às 16h


Intervenção. Purificação, com Priscila Rezende (Belo Horizonte/MG)
Apropriando-se de palavras pejorativas comumente utilizadas para se referir ao indivíduo negro, a artista transfere gradativamente estas palavras, que inicialmente estão escritas em seu corpo, ao chão. Pinta-as com tinta guache no solo, ao mesmo tempo em que caminha sobre essas palavras, deixando sobre elas suas pegadas. Paralelamente a esta ação, lava o seu corpo e retira de sua pele essa sujeira momentânea. O corpo antes frágil e sujeitado a uma representação pejorativa, transforma-se em agente ativo de poder, que rejeita esta representação e se purifica tanto interna quanto externamente.

Local: Espaço das Artes | 16 anos | Grátis
03/10. Quarta, das 21h às 22h


Intervenção. Pílulas do Esquecimento, com Gilmara Oliveira (Contagem/MG)
Das violências sutis às mais incisivas que ocorrem nas relações entre gênero; dos apagamentos possíveis; das possibilidades de recomeço. Pílulas do Esquecimento compartilha memórias sonoras de inúmeras mulheres violentadas no Brasil e cela uma possibilidade de recomeço por meio da memória visual.
Local: Espaço das Artes | 16 anos | Grátis
04/10. Quinta, das 18h30 às 19h30

Intervenção. Trajetos com Beterrabas, com Ana Reis (Goiânia, GO)
Ao apropriar-se da ação de ralar beterrabas, levando-a até a exaustão, a performance apresenta um processo de transformação, criando um ambiente de acumulações e tingimento. A repetição dos gestos e o cansaço imprimem desenhos no corpo e no espaço ativando as potencialidades de deslocamento e a reinvenção da ação cotidiana no território urbano.
Local: Espaço das Artes | 14 anos | Grátis
05/10. Sexta, das 20h às 21h


Intervenção. Desfrutar-se, com Beatriz Cruz (São Paulo/SP)
A ação artística reúne uma série de relatos de mulheres coletados e trocados anonimamente. Os textos foram escritos por diferentes mulheres que se masturbaram com frutas. Na performance, a artista, vestindo uma placa que se assemelha à placa de vendedores ambulantes, convida as pessoas a escolher uma fruta. Os relatos estão gravados em áudio e disponíveis para serem ouvidos num dispositivo sonoro, ao lado de uma caixa de frutas. Como cúmplices, ouvem juntas ao áudio de 3 a 5 minutos, enquanto saboreiam a fruta escolhida e compartilham experiências sobre sexualidade.
Local: Foyer | 14 anos | Grátis
05/10. Sexta, das 20h30 às 21h30

 

Ações para Cidadania

Bate-papo. Talk Show GenerosidadeS
Programa de entrevistas apresentado por Lorelay Fox com convidadas especiais falando de assuntos plurais como feminismo, transgeneridades, drag art e maternidades não-convencionais.
Entrevistadas:
Dia 4/10: Ikaro Kadoshi, drag queen e apresentadora do programa "Drag me as a queen", do canal E!
Dia 5/10: Bia Ferreira, cantora, e Hel Mother, youtuber.
Local: Espaço das Artes | 16 anos | Grátis
04 e 05/10. Domingo, das 19h às 21h

 

Roda de conversa. Desprincesamento, com Larissa Gandolfo e Mariana Desimone
Roda de conversa sobre o conceito do Desprincesamento e discussão da desconstrução do gênero feminino, do belo, através de conversa e exibição de trechos de vídeos (filmes clássicos de Princesas). Atividade recomendada para meninas a partir de oito anos.
Distribuição de senhas com 30 min. antes
Local: Sala de Oficinas | Livre | Grátis
06/10. Sábado, das 15h às 17h

 

Jovens

Oficina. Pra Brilhar - Gênero, sexualidade, interseccionalidade e direitos humanos: um percurso jovem e educomunicativo
A oficina busca sensibilizar os participantes e o público quanto a questões de gênero e sexualidade, sob perspectiva interseccional no campo dos direitos humanos. Os participantes refletirão sobre os conceitos de gênero e sexualidade, interseccionalidades - notadamente com raça e classe - e, por fim, direitos humanos, com foco privilegiado em direitos sexuais.
Ao fim do percurso, a turma produzirá um vídeo de bolso. Este trabalho é resultado da pesquisa e experimentação de ações realizadas no âmbito da Educomunicação pela ONG Viração, com foco em gênero, sexualidade, promoção de direitos e mobilização social.
Local: Espaço de Tecnologias e Artes | 16 anos | Grátis
Dias 02 e 04/10. Terça e quinta, das 14h30 às 17h


Crianças

Contação de Histórias. A Princesa Arco-Íris, com As Doloridas
Será menino ou menina, João ou Joana? Essa é a história de uma princesa que ao nascer recebeu o nome de João, mas que sempre se sentiu Joana. Joana vai precisar enfrentar muitos desafios em seu reino para poder provar a todos quem ela realmente é, e ajudar a seus pais a compreendê-la e a amá-la como princesa Joana.
Local: Espaço de Brincar | Livre | Grátis
06/10. Sábado, das 14h às 15h

 

Artes Manuais. Oficina de Roupas Agênero Para Crianças, com Livremente Kids e Roupa com História
A oficina oferece aos participantes a oportunidade de integração e criação de vínculos afetivos e sociais, com foco na discussão dos padrões de gênero, que são reforçados e marcados com a confecção e a estamparia de uma peça útil, de uso comum, unissex. No encontro, as crianças farão a estamparia manual com carimbos e os acompanhantes vão produzir shorts saruel infantil.
Local: Praça Coberta | Livre | Grátis
05/10. Sexta, das 14h às 18h

 

SERVIÇO

Bilheteria e horário da unidade: Terça a sexta, das 10h às 21h30. Sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h30.
Endereço: Rua Amador Bueno, 505.
Acessibilidade: universal.
Estacionamento da unidade: R$ 5,50 a primeira hora e R$ 2,00 por hora adicional (Credencial Plena); R$ 12,00 a primeira hora e R$ 3,00 por hora adicional (outros).
Preço único mediante apresentação de ingresso (a partir das 18h): R$ 7,50 (Credencial Plena) e R$ 15,00 (outros).
Disponibilidade: 158 vagas para carros e 36 para motos. A unidade possui bicicletário gratuito.

 

Assessoria de Imprensa:
Com Canal Aberto | Márcia Marques | Daniele Valério |
Contatos: (11) 2914 0770 / 9 9126 0425
marcia@canalaberto.com.br| daniele@canalaberto.com.br 

ASSESSORIA DE IMPRENSA SESC SANTO AMARO
imprensa@santoamaro.sescsp.org.br

Diego Oliveira | (11) 5541-4036 | diego@santoamaro.sescsp.org.br
Natália Pinheiro | (11) 5541-4036 | natalia@santoamaro.sescsp.org.br
Willian Yamamoto | (11) 5541-4016 | willian@santoamaro.sescsp.org.br

 

Compartilhar :